www.azinteligencia.com.br

Canto de companheiro em tempo de cuidados

(Thiago de Mello)

Contigo, companheiro que chegaste,
desconhecido irmão de minha vida,
reparto esta esmeralda que retive
em meu peito no instante fugitivo
mas infinito em que se acaba a infância,
porque a esmeralda não se acaba nunca.

Reparto, companheiro, porque chegas
a este caminho longo e luminoso
mas que também se faz áspero e duro,
onde as nossas origens se abraçaram
dissolvendo-se em paz as diferenças,
engendradas na vida pela força
feroz com que desune o mundo os homens
que feitos foram para cantar juntos
porque só juntos saberão chegar
para a festa de amor que se prepara.
Porque tudo é chegar, meu companheiro
desconhecido, meu irmão que plantas
o grão no escuro e nasce a claridão.

É chegar e seguir, os dois cantando,
os dois e a multidão num só caminho,
em direção ao sol que nos ensina
a ser mais cristalinos, parecidos
ao menino que fomos e que somos
de novo dentro do homem, desde que o homem
seja capaz de repartir seu canto
e um pedaço de sol bem luminoso
a esse desconhecido ser que chega
sem nada: traz apenas a esperança
de ver o amor de perto. E sem ter canto
no peito machucado, de repente
de coração contigo vai cantando,
e vai na vida, a vida desgraçada,
achando uma fé nova enquanto um gosto
de também repartir-lhe sobe na alma:
está no seu caminho e então reencontra
o menino que foi, quando a esmeralda
perdida no seu peito resplandece
de amor geral que se reparte e cresce.

A T I V I D A D E S

 

1-    Que pronomes pessoais aparecem no texto?

2-      Copie os pronomes relativos presentes no texto e seu respectivo antecedente.

3-      Que pronomes possessivos aparecem no texto?

4-      E os demonstrativos?

5-      O tratamento no texto se dá em que pessoa?

6-      Separe as palavras na tabela abaixo:

FUGITIVO – FORÇA – IRMÃO – MULTIDÃO – ESMERALDA – FESTA –

LUMINOSO – FEROZ – DESGRAÇADA – CAPAZ – PAZ – AMOR

SUBSTANTIVOS ADJETIVOS         

 

7-      Transforme a seguinte afirmação em pergunta: “Porque tudo é chegar, meu companheiro...”

(GRAMÁTICA - BETH GRIFFI)

www.azinteligencia.com.br/site/files/Canto%20de%20companheiro%20em%20tempo%20de%20cuidados.doc

by: Roseny Rojo da Rocha