www.azinteligência.com.br

Asas de guarda-chuva
(Heitor Ferraz)
 
Quando começa a chover,
os morcegos se assanham.
Abrem suas asas pretas
e na chuva se banham.
 
Passam em voos rasantes,
raspando por nossas cabeças.
Alguns se agitam e dançam,
outros voam com pressa.
 
Mas quando a chuva para,
- zapt, zupt - a asa se fecha,
e eles dormem recolhidos
atrás da porta, numa brecha.
 
Alguns pobres coitados
acabam esquecidos.
Ficam tristes e pendurados
entre achados e perdidos.
 
 
1- Qual é o animal que é comparado a um objeto no poema?
 
2- Quais as semelhanças que o animal tem com o objeto que levou o poeta a fazer a comparação?
 
3- O que acontece com o animal quando a chuva para?
 
4-  Retire do poema uma palavra que rime com:
a) assanham - 
b) fecha -
c) esquecidos - 
 
5- Leia os versos abaixo:
"Ficam tristes e pendurados
entre achados e perdidos."
A quem os versos se referem?
 
 

by: Roseny Rojo da Rocha