www.azinteligência.com.br

A CAUSA DA CHUVA

(MILLOR FERNANDES, Fábulas Fabulosas)

1.        Não chovia há muitos e muitos meses, de modo que os animais ficaram inquietos. Uns diziam que ia chover logo, outros diziam que ainda ia demorar. Mas não chegavam a uma conclusão.

2.        – Chove só quando a água cai do teto do meu galinheiro, esclareceu a galinha.

3.        – Ora, que bobagem! disse o sapo de dentro da lagoa. Chove quando a água da lagoa começa a borbulhar suas gotinhas.

4.        – Como assim? disse a lebre. Está visto que chove quando as folhas das árvores começam a deixar cair as gotas d’água que tem dentro.

5.        Nesse momento começou a chover.

6.        - Viram? gritou a galinha. O teto do meu galinheiro está pingando. Isso é chuva!

7.      – Ora, não vê que a chuva é a água da lagoa borbulhando? disse o sapo.

 

8.      – Mas, como assim? tornava a lebre. Parecem cegos? Não vêem que a água cai das folhas das árvores?    

 

Leia atentamente as questões e marque a alternativa correta.

1- Quais os animais que são citados no texto? 2- Por que

 2

2- Por que os animais estavam inquietos no início do texto?

 Porque chovia muito      Porque não chovia    Pela discussão entre os animais

3- O que o sapo achou da explicação que a galinha deu?

 ele achou que estava correta       Ele achou um absurdo    
 

4- O que  lebre pensou diante das explicações dos outros animais?

 Ficou em dúvida      Aceitou      Não aceitou

5- O texto nos faz concluir que:

 A galinha estava certa                         A lebre é quem tinha razão

 A explicação correta era a do sapo     Todos os animais estavam errados

6- O que a fábula nos ensinou?

 A mentira tem as pernas curtas      As aparências enganam

 Não devemos julgar as pessoas para não sermos julgados.

7- Explique como a galinha achava que era a chuva.

8- Explique como o sapo achava que era a chuva.

9- Explique como a lebre achava que era a chuva.

www.azinteligencia.com.br/site/files/A%20CAUSA%20DA%20CHUVA.doc

by: Roseny Rojo da Rocha